Pai

Sou pai de duas princesas, mas não desejo parar por aí. Minha esposa e eu queremos alçar vôos maiores e continuar a produção em série. Filhos são uma dádiva divina. Precisamos aprender a lidar com as limitações da vida e aproveitar esse presente, ao invés de negar essas jóias em detrimentos a fatores econômicos e sociais.

Em casa sou o ator teatral que a platéia aguarda ansiosamente para ver peças que as estimulam a dar a sua vida pelo próximo (como Ele a deu por desconhecidos), a se desprenderem de tudo que é material (como Ele sendo dono de tudo viveu não tendo nada), a perdoarem a todos (como Ele perdoou sem mal algum ter feito). Teatrinhos simples, mas que as aproximam do Criador do Universo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s